Laranja da Terra

Fruta fresca

Colhida ainda verde

Quero crer-te

Madura a surgir

Fruto do sonho

Que ainda me ponho

A colher e sorrir

Doce trabalho

Um dia me valho

Molhada de orvalho

Ver-te florir


henard moreira

terça-feira, 3 de abril de 2012